Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ai-Sayama mulher oriental

Sábado, 15.09.12
















Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por duronaqueda às 23:26

Ai-Sayama mulher oriental

Sábado, 15.09.12
















Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por duronaqueda às 23:26

Yua-Aida mulher linda

Sábado, 15.09.12
















Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por duronaqueda às 23:12

Yua-Aida mulher linda

Sábado, 15.09.12
















Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por duronaqueda às 23:12

MISSES BUMBUM

Sábado, 15.09.12
















































Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por duronaqueda às 22:54

MISSES BUMBUM

Sábado, 15.09.12
















































Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por duronaqueda às 22:54

O FILHO DE SATAN (PERSONAGEN MARVEL)

Sábado, 15.09.12

o filho de satan

Daimon Hellstrom, também conhecido como o Filho de Satã e Hellstorm, é um personagem fictício na Marvel Comics universo .


                o filho de satan                                                                           História da publicação


O personagem apareceu pela primeira vez Daimon Hellstrom em Ghost Rider vol. 2, n º 1 (Set. 1973), em seguida, foi desmembrada em um recurso, "Son of Satan", em Marvel Spotlight # 12-24 (outubro 1973 - outubro 1975). O título provisório era "a marca de Satanás".  Mais tarde, ele estrelou em duas séries de curta duração: Filho de Satã, escrito por John Warner , e Hellstorm: Prince of Lies, escrita (em parte) por Warren Ellis .


    Biografia Fictional do personagem


Daimon Hellstrom nasceu na cidade fictícia de Greentown, Massachusetts . Ele é o filho de Satanás e uma mulher mortal chamada Victoria Wingate (seu pai foi mais tarde retconned em um demônio chamado Marduk Kurios   que na verdade era o Lúcifer bíblica, de acordo com a N'Garai [ volume e número necessário ]). Daimon e sua irmã, Satana , foram treinados por seu pai na arte de magia , explorando o poder que lhes sejam concedidas por sua herança escuro. No entanto, enquanto Satana abraçou sua herança, Daimon se agarrou a sua humanidade. Quando a mãe descobriu que seu marido realmente era, ela foi levada à loucura. Daimon e Satana foram separados e colocados em casas diferentes depois que sua mãe foi internada e seu pai banido de volta para o inferno. Daimon cresceu em um jesuíta orfanato prazo, nunca ouvir uma palavra de seu pai ou irmã. Ele se tornou um professor de antropologia em St. Louis University . Ele, então, estabeleceu-se como um investigador ocultista e defensor da humanidade, lutando contra as forças escuras-principalmente os arcanos de seu pai, sob o nome de o "Filho de Satã", como um demonologista e exorcista.

 Em sua primeira aparição, Daimon lutaram Satanás e Witch-Mulher, ao lado de Ghost Rider .  Logo depois, ele começou uma longa associação com os Defensores , ajudando-os a batalha Asmodeus (líder dos Filhos de Satannish ) e Satannish si mesmo.    Ele também ajudou a combater os defensores dos terceiros filhos da serpente .   Mais tarde, ao lado do Tocha Humana , ele lutou contra os Dryminextes.   Ele então encontrou Satana pela primeira vez como um adulto.   Ao lado da coisa , ele lutou contra Kthara.  Juntamente com o Motoqueiro Fantasma novamente, ele lutou contra Challenger.   Hellstrom próxima lutou contra o possuidor.   Depois de St. Louisan Steve Gerber deixou de escrever o livro, Hellstrom começou a trabalhar na Universidade do Distrito de Columbia Parapsicologia Departamento, onde tinha uma amizade com uma professora que era um Wiccan . Além dos defensores, ele lutou contra o Hulk . 

Ele então tornou-se membro recorrente dos defensores em boa posição. Juntamente com os defensores, ele lutou contra a mão de seis dedos , e foi levado para o inferno por Satanás.  Em seguida, foi expulso do inferno por Satanás, e juntaram-se aos defensores.  Juntamente com Luke Cage , ele lutou contra os Filhos de Satannish novamente.   Hellstrom então lutou contra um demônio sem nome que tomou seu lugar como "Daimon Hellstrom".  Além dos defensores, ele lutou contra o Miracle Man , que roubou Daimon de "Darksoul", a essência de sua herança mal.  Ao lado dos Defensores, Hellstrom lutou Mad Dog e Força Mutante . Ele então se casou com seu companheiro de equipe Patsy Walker , Hellcat alias.  Ao lado dos Defensores, Cutlass, o tufão, e Hannibal King , Hellstrom então lutou Minerva Bannister.  



  Ao lado Hellcat e os Vingadores da Costa Oeste , mais tarde ele lutou Pandemonium Mestre , Allatou , e os povos do gato .   Mais tarde, ele exorcizou Lincoln Slade "espírito s de Hamilton Slade "corpo s. Juntamente com os Vingadores da Costa Oeste mais uma vez, ele lutou contra Seth forças 's.
Daimon e Patsy aposentado da aventura, e Daimon foi em uma busca pessoal de sentido. Ele viajou para um mosteiro onde o Miracle Man se refugiara. Quando o Homem Milagre roubou do Daimon "Darksoul", Daimon descobriu que ele era humano, mas ele também estava morrendo. Patsy eventualmente utilizado um livro escuro na posse Daimon para chamar "Satan" e pediu para ele para salvar a vida do Daimon. No entanto, para fazer isso, Daimon teve que recuperar seu Darksoul e voltar a ser o "Filho de Satã". Daimon foi re-imbuído de sua essência, mas ao testemunhar "verdadeira face" Daimon do mal, Patsy enlouqueceu. Daimon manteve longe dos olhos curiosos em sua propriedade em Lago de Fogo, onde passou a maioria de dias dormindo ou tagarelando aparentemente de forma aleatória. Ela iria ficar lá até que um dia ela recuperou a sanidade o suficiente para chorar por ter trazido de volta um mal para o mundo, e comprometido suicídio com a ajuda de um ser conhecido como Deathurge

Daimon lutaram na Escola Neg

ro.   Agora chama-se "Tempestade Infernal", 


ele finalmente descobriu uma maneira de fin


almente derrotar seu pai. Daimon descobriu o verdadeiro nome de seu pai - Marduk Kurios - e usou o poder desse conhecimento para, finalmente, matá-lo. Daimon se tornou o novo "Satanás", governando de seu pai inferno . Ele usou esse poder para permitir Hawkeye e seus Thunderbolts para retornar Patsy dos mortos.


No Hellcat mini-série, Daimon disse à esposa que ele nunca foi verdadeiramente o filho de Marduk Kurios, seu pai verdadeiro era Satannish , que era o filho do Dread Dormammu . Daimon alegou que tinha sido engendrado como parte de uma conspiração para tomar o controle das várias dimensões "inferno". Estas alegações, no entanto, fortemente contestada história estabelecida do Hellstorm. Desde então, foi estabelecido que Hellstorm foi deliberadamente mentir para Patsy, quando ele fez essas afirmações, o seu amor por Patsy levou a afastá-la na esperança de que ela seria mais feliz sem ele.
Hellstorm usado essa afirmação para assumir o controle sobre reino Satannish, e herdar direito Dormammu para governar como designado pelos poderosos "Chamas da Faltine". No entanto, sem qualquer Satannish ou Daimon apoio Dormammu, Mephisto foi capaz de ganhar o controle da grande maioria dos "Inferno".
Daimon foi recrutado por Kyle Richmond para os defensores , como parte da Iniciativa de cinqüenta países .  O trabalho fora da iniciativa, esta equipa é dissolvida à força mais tarde por HAMMER
Daimon foi então levado para ARMOR juntar-se aos Filhos da meia-noite em diante de uma ameaça zumbi entre dimensional . The Midnight Sons cabeça para Taino para conter o vírus, mas acabam em uma batalha com as forças Hood. Durante o curso do surto na ilha, o Dormammu demoníaco possui colega Jennifer Kale , embora Daimon excorcises-lo dela. A missão termina um sucesso, embora o Deadpool zumbi escapa de cabeça.
Ele é procurado por Doutor Estranho como um pretendente em potencial do título de Feiticeiro Supremo. No entanto, ele é atacado pela capa em primeiro lugar, quem está atacando usuários de magia potencial que também pode reivindicar o título e, ajudado por ele e Voodoo irmão (agora passando por Voodoo Doctor, como o novo Mago Supremo), eles conseguem banir Dormammu. deixando a capa impotente por algum tempo.   Algum tempo todo o Dark Reign, Hellstrom, após ter sido informada por um sacerdote satanista do Anticristo, promete matar o menino e, juntando-se mais uma vez com o ex-cortador namorada Jaine, resgata o Motoqueiro Fantasma de Zadkiel forças 's, e, eventualmente, os Cavaleiros unidos são capazes de recuperar o Céu, derrubar o Zadkiel renegado, e triunfar sobre as forças Satanás desencadeadas contra eles.   Hellstrom depois sobe das profundezas do inferno se a informar o recém-montado " Deus Squad "que reino de fogo de seu pai havia caído para as hordas do Rei Caos, e que todas as almas mortas do Submundo agora estavam sob o seu escravo.   Hellstrom une forças com o Esquadrão de Deus e coloca seus poderes demoníacos contra aqueles dos escravizados Zeus, Hera e Ares, com poucos resultados e, posteriormente, viagens com eles em uma última e desesperada tentativa para selar Mikaboshi no Yomi.  

         Poderes e capacidades

            Como governante de uma dimensão do Inferno, Hellstrom comanda poder virtualmente ilimitado em sua própria dimensão. Potencialmente, ele pode executar praticamente qualquer façanha mágica.
Como Hellstorm, graças à sua herança demoníaca, Daimon Hellstrom podia sentir a presença do sobrenatural e pode lançar feitiços para se transportar e outros em dimensões místicas e de volta à Terra. Outros poderes ele exibiu neste momento não pode ter se originado a partir de si mesmo (como ele tinha perdido sua "Darksoul", veja abaixo), mas de seu tridente mágico. Hellstorm poderia projetar energia mística em forma de "Soulfire" (também chamado de "fogo do inferno") de seu tridente, causando dor excruciante dentro dos seres vivos através do contato direto da força de uma pessoa de vida. O Soulfire não fisicamente queimar no sentido de que verdadeiro fogo faz, e Hellstrom poderia projetar Soulfire como uma explosão concussive da força. Ele poderia usar Soulfire para vários outros efeitos, incluindo vôo e transformações físicas.
Como o Filho de Satã, Hellstrom possuía poderes sobrenaturais derivados de sua "Darksoul," uma contraparte demoníaca de sua alma humana, que fisicamente se manifestou na marca de nascença em forma de pentagrama no peito. O Darksoul concedeu-lhe muito leve força sobre-humana (capaz de levantar / pressionar em torno de 800 libras) e a capacidade de projetar Soulfire. Ele foi capaz de magicamente transformar-se em sua fantasia demoníaca à vontade, estendendo os três dedos médios de cada mão em forma de um tridente, concentrando-se, e deixando sua Soulfire engolir seu corpo. Uma vez, Hellstrom usou seus poderes para viajar através do tempo para a antiga Atlântida.
Como Hellstorm eo Filho do Satanás, Hellstrom exercido um tridente feito de netharanium, um metal "psychosensitive" encontrado apenas em "Satanás" reino extra-dimensional. O tridente era um meio através do qual as energias mágicas, como Soulfire Hellstrom, poderia ser ampliada e projetada. Ao projetar o Soulfire através do tridente, Hellstrom poderia ganhar impulso suficiente para levitar e voar por curtos períodos de tempo.

Ele também usou um carro de fogo puxado por três cavalos voadores demoníacos.
Daimon Hellstrom é um especialista em demonologia, e um exorcista altamente experiente, com algum conhecimento de ritos místicos. Ele tem um grau avançado em teologia, e é autodidata em demonologia

            Outras versões

No universo Marvel Ultimate , o Filho de Satã é um membro dos Defensores que universo, todos os quais também são carentes de poderes com exceção de Henry Pym / Giant-Man, ele também é chamado por Nighthawk , "Damien". Ele usa uma "fantasia" que é uma mistura de punk rock e gótico elementos, incluindo facial maquiagem escura, cabelo rosa brilhante, e vários piercings. Foi revelado em que o Filho de Satã é na verdade um espião (à la COINTELPRO ) para SHIELD , provavelmente para manter um olho em ambos Gigante e os heróis e aspirantes a membro reserva de Os Supremos .   Seu nome é revelado ser Hellstorm Daimon.
Filho de Satã re-aparece como um novo membro dos Ultimates no final Comics: Ultimates Novas , tendo ganho poderes, assim como o resto da equipe de defensores de uma misteriosa fonte .  

                                                                                                               MAX

Escritor de ficção científica Alexander Irvine escreveu a minissérie Hellstorm: Son of Satan, estrelado por Hellstrom como um herói no pós- furacão Katrina New Orleans para o MAX marca, a linha da Marvel leitores maduros.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por duronaqueda às 19:14

BIOGRAFIA REGINA DUARTE (ATRIZ)

Sábado, 15.09.12

          Regina Duarte
Regina Blois Duarte (Franca, 5 de fevereiro de 1947) é uma atriz brasileira de cinema, teatro e televisão.

                                                                                                 Biografia

Regina, filha de Jesus Duarte (militar) e Dulce Blois (professora de piano), nasceu na cidade de Franca, interior de São Paulo, mas viveu dos seis aos dezoito anos em Campinas. Tem cinco irmãos: Maria Lúcia, Cláudio, José, Flávio e Tereza.
Sua carreira teve início aos 14 anos de idade como atriz amadora no grupo TEC (Teatro do Estudante de Campinas). Estreou interpretando O Palhaço em O Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna. Participou da montagem de Pluft, o Fantasminha, de Maria Clara Machado, Rapunzel, Natal na Praça e O Tempo e os Conways, de Priestley, e Via Sacra, de Ghéon.
Em 1964 apareceu em cartazes para uma campanha de sorvetes. Em seguida, fez anúncio para a televisão de uma marca de refrigeradores.
Sua formação inclui aulas de balé clássico com Mozart Xavier, declamação com Maria Silvia Ferraz Silva e um curso de três meses com Eugênio Kusnet sobre o método Stanislavski.

    Vida profissional
Profissionalmente estreou em 1965 na TV Excelsior, atuando na telenovela A Deusa Vencida, de Ivani Ribeiro, sob a direção de Walter Avancini, e no teatro, no mesmo ano, sob a direção de Antunes Filho na montagem de "A Megera Domada", de Shakespeare.
Chegou a fazer um ano do curso de Comunicação da USP, mas trancou matrícula em função do convite de Boni para estrelar Véu de Noiva na Rede Globo, em 1969, sob a direção de Daniel Filho.
Ganhou a alcunha de Namoradinha do Brasil quando fez a telenovela Minha Doce Namorada, em 1971, na TV Globo. Em seguida recebeu o convite para participar da montagem brasileira da peça Hair, mas não aceitou o papel porque não ficaria nua no palco, mas em 1976 fez um ensaio sensual para a revista Playboy.
A imagem de Namoradinha só seria esmaecida aos poucos. Começou com a atuação na telenovela Nina, em 1977, consolidando-se de vez o fim da imagem de Namoradinha do Brasil com o seriado Malu Mulher, de 1979, onde interpretava uma mulher divorciada e independente, levando diversos grupos conservadores a protestarem.
Regina Duarte participou de vários programas históricos da televisão brasileira, desde a década de 1960, quando surgiram os especiais do Festival de Música Popular Brasileira (TV Record) até o final da década de 1980, onde a televisão brasileira era marcada pelo sucesso dos espetáculos transmitidos que apresentavam os novos talentos da MPB, registravam índices recordes audiência.
    Regina Duarte
Um desses momentos marcantes da televisão foi Mulher 80, na Rede Globo. O programa exibiu uma série de entrevistas e musicais cujo tema era a mulher e a discussão do papel feminino na sociedade de então abordando esta temática no contexto da música nacional e da inegável preponderância das vozes femininas na MPB, com Gal Costa, Maria Bethânia, Zezé Motta, Elis Regina, Joanna, Rita Lee, Marina Lima, Simone e as participações especiais de Regina Duarte e Narjara Turetta, que protagonizavam o seriado Malu Mulher à época.
Em novelas, Regina Duarte é a atriz que obteve os maiores índices de audiência no Ibope ao longo da carreira.
Viveu personagens antológicos na TV como a Simone Marques de Selva de Pedra (1972), a Malu do seriado Malu Mulher (1979/1980), a dupla personalidade Luana Camará/Priscila Capricce em Sétimo Sentido (1982), a politicamente correta Raquel Accioli em Vale Tudo (1988), a espalhafatosa Maria do Carmo de Rainha da Sucata (1990), além de ter sido a atriz que mais deu vida às Helenas de Manoel Carlos, nas novelas História de Amor (1995), Por Amor (1997) e Páginas da Vida (2006). Em 2008 viveu a cômica Waldete Maria, uma mulher despachada, divertida, pragmática e sem papas na língua, na novela 3 Irmãs. Mas sem dúvida seu maior sucesso foi a extravagante Viúva Porcina em Roque Santeiro (1985).
Em 2011, Regina retornou à TV em um papel de destaque, a enigmática e fútil ricaça Clô Hayalla no remake, O Astro. De acordo com a própria Regina, Clô é um dos papéis mais marcantes e importantes de sua carreira.
Regina Duarte
    Política e polêmica
Regina Duarte é simpatizante do PSDB e já apoiou vários candidatos tucanos em eleições presidenciais e estaduais por diversas ocasiões.
Nas eleições de 1985 para prefeito de São Paulo, ao apoiar Fernando Henrique Cardoso, a atriz Regina Duarte gravou um comercial pedindo a união das esquerdas para combater o então candidato conservador Jânio Quadros. Na prática isso representou uma campanha pelo voto útil, em desfavor de Eduardo Suplicy, então terceiro colocado na disputa.
Em 2002, Regina, ao lado de Raul Cortez e outros artistas, apoiou o candidato José Serra. Causou polêmica quando gravou depoimento usado no horário eleitoral gratuito afirmando ter medo do que o candidato adversário, Lula, faria na presidência caso fosse vitorioso. Ela mencionava um suposto retrocesso para com a economia brasileira e um aumento na inflação devido a notória oposição do PT ao Plano Real. O seu medo era também sentido por outros setores da sociedade, em especial o empresariado e o mercado financeiro, mesmo que o candidato houvesse assinado documento se comprometendo a não fazer grandes mudanças na área econômica. Por causa desse depoimento, Regina foi duramente criticada por outros artistas, alguns dos quais apoiavam Lula. 
Em 2006 Regina Duarte ratificou sua posição e, em entrevista à revista IstoÉ Gente, afirmou: "Nunca me arrependi do que disse. O PT foi muito agressivo, dono da verdade. Hoje, estou profundamente triste, porque amo o meu país. As pessoas devem pensar melhor no voto com esta nova chance (em referência as eleições presidenciais daquele ano).
Regina Duarte
       Vida pessoal
Regina tem três filhos: André, Gabriela e João Ricardo.
Dos filhos, apenas Gabriela Duarte seguiu carreira artística. Ambas protagonizaram a novela "Por Amor", de Manoel Carlos, e a minissérie Chiquinha Gonzaga.
Gabriela, nascida em 1974 e André, nascido em 1970, são frutos do casamento de Regina com o engenheiro Marcos Franco, com quem se casou em 1969, mas alguns anos depois houve o divórcio. 
Seu filho caçula, João Ricardo, nascido em 1981, é filho da atriz com seu segundo marido, o publicitário argentino Daniel Gómez. Se separaram alguns anos depois do nascimento de João. Atualmente ele namora a atriz Regiane Alves.
Tem três netos: Manuela e Frederico, filhos de Gabriela e Jairo, e Théo, filho de André e Bettina.
Atualmente, Regina é casada com o pecuarista Eduardo Lippincott.

    Televisão
1965 - A Deusa Vencida - Malu
1965 - A Grande Viagem - Isabel
1966 - As Minas de Prata - Inesita
1966 - Anjo Marcado - Lilian
1967 - Os Fantoches - Bete
1968 - Legião dos Esquecidos - Regina
1968 - O Terceiro Pecado - Carolina
1969 - Véu de Noiva - Andréa / Roberta / Maria Célia
1969 - Dez Vidas - Pom Pom
1969 - Os Estranhos - Melissa
1970 - Irmãos Coragem - Ritinha (Rita de Cássia Maciel Coragem)
1971 - Minha Doce Namorada - Patrícia
1971/74 - Caso Especial - episódio "Nº1" (1971) e "A Cartomante" (1974), na direção
1972 - Selva de Pedra - Simone Marques / Rosana Reis
1973 - Carinhoso - Cecília
1974 - Fogo Sobre Terra - Bárbara
1975 - Pecado Capital - Mila
1977 - Nina - Nina
1979/80 - Malu Mulher - Maria Luíza ou Malu
1980 - Mulher 80 - Especial de TV (apresentação)
1982 - Sétimo Sentido - Luana Camará / Priscila Capricce
1983 - Guerra dos Sexos - Alma (participação especial)
1984/85 - Joana (Manchete / SBT) - Joana Martins
1985 - Roque Santeiro - Viúva Porcina, a "que era sem nunca ter sido"

1987 - O Outro - Clara (participação especial)
1988 - Vale Tudo - Raquel Acioli
1989 - Top Model - Florinda (participação especial)
1990 - Rainha da Sucata - Maria do Carmo Pereira
1993 - Retrato de Mulher - uma personagem por episódio, num total de nove
1994 - Incidente em Antares - Shirley Terezinha
1995 - História de Amor - Helena Soares
1995 - Irmãos Coragem - participação especial como mulher na rua
1997 - Por Amor - Helena Viana
1999 - Chiquinha Gonzaga - Chiquinha Gonzaga
1999 - O Belo e as Feras - Lídia
2001 - Estrela-Guia - participação especial como ela mesma
2002 - Desejos de Mulher - Andréa Vargas
2003 - Kubanacan - Maria Félix (participação especial)
2005 - Sob Nova Direção - no episódio "A Mensalista"
2006 - Páginas da Vida - Helena Camargo Varela
2008 - Três Irmãs - Waldete Maria de Nascimento Bezerra / Vêronica Ramos
2010 - Araguaia - Antoninha (participação especial)
2010 - As Cariocas - Maria Elisa (Malu) no episódio "A Adúltera da Urca"
2011 - O Astro - Clô (Clotilde Hayalla)

 Cinema
1968 - Lance Maior - Cristina
1969 - A Compadecida - Compadecida
1975 - O Auto da Compadecida
1976 - Chão Bruto - Sinhana
1977 - Parada 88, o Limite de Alerta - Ana
1978 - Daniel, Capanga de Deus - Beatriz / Sandra
1981 - El Hombre del Subsuelo - Luisa dos Santos
1982 - O Homem do Pau-Brasil - Lalá
1983 - O Cangaceiro Trapalhão - Aninha
1984 - São Bernardo - Madalena
1985 - Além da Paixão - Fernanda
1995 - La Lona
2000 - Um Anjo Trapalhão
2003 - Olga Del Volga - inacabado até hoje

Teatro
1966 - A Megera Domada
1967 - Black-Out - uma adolescente
1969 - Romeu e Julieta - Julieta Capuleto
1971 - Dom Quixote, Mula Manca e seu Fiel Companheiro
1975 - Réveillon - Janete
1978 - O Santo Inquérito - Branca Dias
1986 - Miss Banana - musical
1992 - A Vida É Sonho - Segismundo
2001 - Honra - Norah
2005 - Coração Bazar

    Prêmios
Prêmio Contigo
1997 - pelo conjunto da obra (na atuação em "Por Amor")
Prêmio Qualidade Profissional
2002 - pelo conjunto da obra (na atuação em "Desejos de Mulher")
Prêmio Globo de Melhor Atriz
1971 - por "Patrícia", de Minha Doce Namorada
Troféu Imprensa de Melhor Atriz
1965 - por "Malu", de A Deusa Vencida (Atriz Revelação)
1967 - por "Bete", de Os Fantoches
1970 - por "Ritinha", de Irmãos Coragem
1972 - por "Simone" e "Rosana", de Selva de pedra

1973 - recusou o prêmio de Melhor Atriz pela atuação em Carinhoso e o ofereceu a Eva Wilma.
1979 - por "Malu", de Malu Mulher
1985 - por "Viúva Porcina", de Roque Santeiro
Prêmio APCA/TV de Melhor atriz
1979 - por Malu Mulher
1980 - por Malu Mulher
1985 - por Roque Santeiro

         

 Homenagens Especiais
2006 - Prêmio IstoÉ Gente ... Personalidade do ano em Televisão (IstoÉ Gente)
2011 - Troféu Mário Lago (entregue no Domingão do Faustão) ... Conjunto da Obra
2012 - O que vi da Vida ( Fantastico ) ... Grande Atriz

NESTA SEQUENCIA A VIDA DE REGINA DUARTE NA REVISTA SETIMO CEU












AGORA UMA SEQUENCIA DE REGINA DUARTE NA REVISTA CONTIGO





Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por duronaqueda às 19:07