Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Cid Moreira(jornalista)

Sexta-feira, 03.05.13
Cid Moreira
Cid Moreira (Taubaté, 29 de setembro de 1927) é um locutor e apresentador de telejornal brasileiro, em atividade desde 1947. Conhecido mundialmente por sua voz grave e singular, que costuma causar a sensação de eco aos espectadores.
 Carreira

Cid Moreira começou na rádio Difusora de Taubaté, como contador. Como sua voz era muito bonita e grave, foi convidado para ser locutor. Foi narrador de documentários para cinema, meio no qual também apresentou o noticiário semanal Canal 100, de produção de Carlos Niemeyer. Em 1955, atuou como ator no filme Angu de caroço, voltando ao cargo de narrador em 1958, no filme Traficantes do crime.


Apresentou, de 1969 a 1996, o Jornal Nacional, na Rede Globo de Televisão, sendo um recordista como locutor que mais tempo esteve à frente de um mesmo telejornal. A estreia do Jornal Nacional em 1 de setembro de 1969 foi apresentada junto com Hilton Gomes, que fez a abertura do telejornal. Curiosamente, três dias depois, o embaixador norte-americano Charles Burke Elbrick foi sequestrado pelo MR8.


Moreira é também célebre pela gravação em áudio da Bíblia na íntegra e em linguagem atual. Os CDs bíblicos com sua locução alcançaram um imenso sucesso de vendas, chegando a 30 milhões de cópias. Recentemente, o locutor atua na narração de matérias para o programa Fantástico, também da Globo.Aos 82 anos, 63 de carreira, Cid Moreira lança o livro Boa Noite. O nome de sua biografia se deve a uma de suas frases mais famosas: Boa Noite, que Cid diz todas as vezes que encerrava um programa.

 Jabulani
Durante a Copa do Mundo de 2010, Cid Moreira foi chamado pela Rede Globo para gravar uma vinheta que seria exibida durante as reportagens do Fantástico e de outros programas esportivos da emissora. A vinheta Jabulaaani, nome da bola Adidas Jabulani, virou sucesso nos sites de vídeos. Sucesso o qual que estão nos sites até os dias de hoje.
Cid Moreira e a esposa Fátima Sampaio. Crédito: Philippe Lima/AgNews
Cid Moreira e a esposa Fátima Sampaio. Crédito: Philippe Lima/AgNews

Narrações

1970 - Brasil, bom de bola
1973 - Fantástico
1974 - Futebol total
1982 - João e sinuca brasileira
2004 - Fantástico 30 anos - grandes reportagens
2005 - 2 Filhos de Francisco - narração da vida dos cantores Zezé Di Camargo & Luciano.
2010 - Copa do Mundo de 2010 - narração dos bordões "Jabulani!" (em referência aos efeitos da bola, que provocava erros grosseiros dos jogadores) e "Ah não! Mick Jagger!" (em referência ao azar que o rockeiro trazia para as seleções que torcia na copa) no meio das partidas transmitidas para o Brasil.


Curiosidades


Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Este artigo pode ser melhorado, integrando ao texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
Cid Moreira já apresentou o Jornal Nacional usando uma bermuda.1 O episódio virou febre na internet e é extensamente comentado até os dias de hoje.
Cid Moreira foi o jornalista que leu o célebre direito de resposta concedido pela justiça ao então governador do Rio de Janeiro Leonel Brizola no Jornal Nacional em 15/03/1994. O vídeo pode ser assistido no YouTube.
Cid Moreira brincou com o fato de estar fora do ar, mesmo tendo contrato longo com a Rede Globo. Em entrevista ao jornal Diário de S.Paulo disse: Estou no spa da Globo.
Cid Moreira já gravou muitos audiolivros para a Casa Publicadora Brasileira, editora oficial da Igreja Adventista do Sétimo Dia, denominação religiosa da qual é membro.

  Discografia de Cid Moreira
       Álbuns de Estúdio

1977 - Oração da Minha Vida Volume 1
1983 - Oração da Minha Vida Volume 2
1986 - Salmos Volume 1
1988 - Salmos Volume 2
1990 - Quem é Jesus? Volume 1
1991 - Desiderata (Regravação)
1991 - Quem é Jesus? Volume 2
1992 - O Sermão da Montanha
1992 - Agora Vale a Vida
1993 - Momentos do Velho Testamento
1993 - Momentos do Novo Testamento
  Coleções

1999 - Passagens Bíblicas (24 Discos)
1999 - A Vida de Jesus Cristo (1999) (2 Discos)
2002 - A Bíblia Sagrada - O Novo Testamento (11 Discos)
2004 - Coleção Novo Testamento (12 Discos)
2004 - 2009 - A Bíblia Sagrada em texto integral.
        Coletâneas

1997 - Desiderata
       Áudio-Livros

1994 - Caminho a Cristo (6 Discos)
[editar]EPs

1975 - Desiderata / Poemas Hindus
       Vídeos

1999 - Caminhos de Jesus: Visita à Terra Santa
Cid Moreira e a Esposa falando a revista caras
Ele não se desfez de sua casa no Rio de Janeiro. Mas há um ano e meio, Cid Moreira (84) encontrou um refúgio na serra fluminense, para onde viaja com a mulher, a jornalista Fatima Moreira Sampaio (48), sempre que ambos estão sem compromissos profissionais. “Amo esse clima de montanha, o contato com a natureza, a temperatura. Adoro a cidade do Rio, mas, às vezes, vira um forno. Aqui tem menos calor. Frequento essa região há meio século, sempre gostei. Conheci a convite de um amigo tenista que me convidou para passar um fim de semana jogando”, contou o veterano apresentador. O esporte, aliás, influenciou na escolha do terreno de 6000m2. “Não tive dúvida de que aqui era o lugar ideal quando vi a quadra lá no fundo”, relembrou. “Viajamos muito, a passeio e a trabalho.


Mas aqui é o nosso porto seguro”, acrescentou Fatima, enquanto brindava com o amado diante da lareira. “Momentos como esse fazem parte do nosso ritual”, completou ela.
O recanto do casal já serviu até de cenário para um trabalho. Cid, que em novembro lançou o DVD Conselhos Eternos da Bíblia, gravou na serra um vídeo de provérbios ainda sem data de lançamento. Já Fatima há quase um ano produz nova biografia do marido, sobre quem já lançou o livro Boa Noite, em 2010. “Também estou criando uma loja virtual onde, a partir do dia 11, vamos vender todos os produtos já feitos por ele, que vai ainda interagir com os fãs. Lá, as pessoas vão encontrar também essa audio-história, que deve ficar pronta ainda este ano. Ele vai narrar a trajetória dele na primeira pessoa, começando pelos dias atuais”, explicou Fatima.


Cid Moreira e Esposa Falando a Revista Caras

– Como é o dia a dia de vocês?
Fatima – Resolvemos ter uma vida com mais qualidade, próxima da natureza. Somos privilegiados. Plantamos cerca de 20 diferentes tipos de alimentos, como laranja, banana, quiabo, jiló, alface. Cuido da horta e do orquidário. O mais importante de tudo é que minha casa é o Cid e a dele, sou eu.
Cid – No fim do ano completamos 12 anos juntos. Enquanto der, vamos brincar de casinha. (risos)
– O que mantém a relação?
Fatima – Qual o segredo, Cid? É você me dar uma surra todo dia? (risos) Brincadeira. Temos bom humor, muita parceria. Eu o admiro por ser ponderado nas questões sérias. Estar com um homem honesto é bem legal.
Cid – Temos muitas coisas em comum. Quando você está ao lado de alguém engraçado, é bem mais agradável. Ensinei Fatima a jogar tênis, ela gosta, se dedica, melhora cada vez mais e eu vou piorando no jogo, estou ficando cada vez mais velho.
Fatima – Rimos das diferenças até quando não concordamos.


– Quais são as diferenças?
Fatima – Sou faladeira. Ele é reservado. É um grande jornalista e locutor, eu sou aprendiz. Cid é vegetariano. Eu como carne, mas como preparo a comida dele, entro no mesmo regime. Para viver, fazemos parcerias e concessões que não tiram nada, só acrescentam.
Cid – Fatima é prendada, tem tudo de melhor. Adoro a comida que faz. E, além de tudo, é linda.
– Você continua vendendo saúde, tem a rotina de exercícios?
Cid – Não sofro com nada. E continuo me exercitando. Aqui tenho só uma esteira e um halteres. Mas diariamente jogamos tênis por duas horas. Às vezes, deixo até ela ganhar para ter a recompensa depois. (risos)
Fatima – Cid está sempre brincando. Mas me preocupo. Temo o dia em que ele ficar bem velhinho e não puder mais fazer as coisas.
Cid – Tenho quase 85 e ainda vou ficar bem velhinho (risos)...
Fatima – O amor mistura os sentimentos, tenho um pouco de irmã, mãe, amiga, amante. Outro dia, ele foi pegar jabuticaba e levou um tombo. Meu coração parou na boca. Mas foi só um susto. No dia a dia não vejo diferença de idade, Cid tem saúde para dar e vender.




Sérgio Chapelen e Cid Moreira

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por duronaqueda às 11:18