Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



ANIMAGE CAPAS DE REVISTA JAPONESA SOBRE ANIMÉ

Segunda-feira, 15.07.13

 animage
Animage (アニメージュ, Animēju?) é uma revista japonesa de anime e entretenimento lançada pela editora Tokuma Shoten. Começou a ser publicada em julho de 1978, sendo considerada a primeira revista exclusiva sobre animação japonesa do Japão.

O famoso mangaká, animador e diretor japonês Osamu Tezuka (considerado o pai do anime e mangá moderno) foi um dos homens responsaveis pela fundação da revista em seu início, após a sua saída ele foi substituído por Osamu Kobayashi (famoso diretor e seiyuu, dirigiu animes como Kimagure Orange Road e Beck: Mongolian Chop Squad) e mais tarde sendo substituído por outros editores e profissionais.

Nausicaa of the Valley of the Wind, o famoso mangá escrito por Hayao Miyazaki foi serializado na revista de 1982 até 1994. Outros títulos serializados na revista incluem Ocean Waves (1990-1995), romance escrito por Saeko Himura que mais tarde foi adaptado em animação pelo Estúdio Ghibli e Seraphim: 266,613,336 Wings, mangá criado por Satoshi Kon e Mamoru Oshii.É em conjunto com a revista Newtype e Animedia considerada a maior publicaçao sobre animes do Japão.

Histórico 

Julho 1978: Primeira edição.
Janeiro 1980: Primeira edição do premio Anime Grand Prix.
Julho 1982: Quinquagésima edição.
Junho 1983: Aniversario de 5 anos.
Setembro 1986: Centésima ediçao.
Junho 1988: Aniversario de 10 anos.
Novembro 1990: Edição de número 150.
Junho 1993: Aniversario de 15 anos.
Janeiro 1995: Edição de número 200.
Junho 1998: Aniversario de 20 anos, mudou o tipo de folha para papel A4. Título da revista mudou de katakana para o inglês.
Março 1999: Edição de número 250.
Junho 2002: Mudou o título novamente para katakana.
Maio 2003: Edição de número 300.
Junho 2003: Aniversario de 25 anos.
Julho 2008: Aniversario de 30 anos.


Anime Grand Prix 

O Anime Grand Prix é uma premiação anual que a revista realiza. Teve início premiando os melhores animes de 1979 em janeiro de 1980 e assim tem sido sucessivamente em cada ano, normalmente premiando os animes na ediçao de Junho do ano seguinte. O critério para a premiação são contados considerando a popularidade, qualidade e influência do anime em questão no meio artístico e cultural japonês.









Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por duronaqueda às 22:01

ANIMAGE CAPAS DE REVISTA JAPONESA SOBRE ANIMÉ

Segunda-feira, 15.07.13

 animage
Animage (アニメージュ, Animēju?) é uma revista japonesa de anime e entretenimento lançada pela editora Tokuma Shoten. Começou a ser publicada em julho de 1978, sendo considerada a primeira revista exclusiva sobre animação japonesa do Japão.

O famoso mangaká, animador e diretor japonês Osamu Tezuka (considerado o pai do anime e mangá moderno) foi um dos homens responsaveis pela fundação da revista em seu início, após a sua saída ele foi substituído por Osamu Kobayashi (famoso diretor e seiyuu, dirigiu animes como Kimagure Orange Road e Beck: Mongolian Chop Squad) e mais tarde sendo substituído por outros editores e profissionais.

Nausicaa of the Valley of the Wind, o famoso mangá escrito por Hayao Miyazaki foi serializado na revista de 1982 até 1994. Outros títulos serializados na revista incluem Ocean Waves (1990-1995), romance escrito por Saeko Himura que mais tarde foi adaptado em animação pelo Estúdio Ghibli e Seraphim: 266,613,336 Wings, mangá criado por Satoshi Kon e Mamoru Oshii.É em conjunto com a revista Newtype e Animedia considerada a maior publicaçao sobre animes do Japão.

Histórico 

Julho 1978: Primeira edição.
Janeiro 1980: Primeira edição do premio Anime Grand Prix.
Julho 1982: Quinquagésima edição.
Junho 1983: Aniversario de 5 anos.
Setembro 1986: Centésima ediçao.
Junho 1988: Aniversario de 10 anos.
Novembro 1990: Edição de número 150.
Junho 1993: Aniversario de 15 anos.
Janeiro 1995: Edição de número 200.
Junho 1998: Aniversario de 20 anos, mudou o tipo de folha para papel A4. Título da revista mudou de katakana para o inglês.
Março 1999: Edição de número 250.
Junho 2002: Mudou o título novamente para katakana.
Maio 2003: Edição de número 300.
Junho 2003: Aniversario de 25 anos.
Julho 2008: Aniversario de 30 anos.


Anime Grand Prix 

O Anime Grand Prix é uma premiação anual que a revista realiza. Teve início premiando os melhores animes de 1979 em janeiro de 1980 e assim tem sido sucessivamente em cada ano, normalmente premiando os animes na ediçao de Junho do ano seguinte. O critério para a premiação são contados considerando a popularidade, qualidade e influência do anime em questão no meio artístico e cultural japonês.









Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por duronaqueda às 22:01

MACHINE-MAN(Homem-Máquina,Marvel)

Segunda-feira, 15.07.13

 Homem-Máquina
O Homem-Máquina é um personagem ficcional das histórias em quadrinhos do Universo Marvel, publicadas pela Marvel Comics1 2 3 . Ele foi criado por Jack Kirby que o introduziu como o andróide X-51 na revista 2001: A Space Odyssey #8 (Julho de 1977).

Publicação
Em 1978 o X-51 apareceria em um título próprio, com Kirby produzindo as primeiras 9 (nove) edições. Nessa série o andróide fugia dos militares, escapando logo após a morte de seu criador. Depois de um intervalo de 9 meses, a revista foi relançada com o número 10 e ele recebeu o novo nome de Machine Man. Marv Wolfman (depois Tom DeFalco) e Steve Ditko foram os artistas encarregados, fazendo com que o andróide passasse a viver disfarçado entre os humanos. Desta vez o término ocorreu no número 19, de Fevereiro de 1980.

De outubro de 1984 a Janeiro de 1985, O Homem-Máquina foi o protagonista de uma mini-série de Tom DeFalco, desenhada por Herb Trimpe e Barry Windsor-Smith. A ação se passava num futuro cyberpunk datado de 2020, e tornou-se muito popular. Os personagens dessa época começaram a aparecer nas revistas Marvel, como Arno Stark, o mercenário Homem de Ferro de 2020. Homem Máquina e Homem de Ferro estiveram juntos na revista Iron Man Annual #11 (1990).

Origens (ficcional)

Criado pelo Dr. Able Stack, o Homem Máquina era um robô programado para pensar como um humano. Mesmo após a revelação pelo seu criador de que ele se tratava de uma máquina (então chamada de X-51), sua programação o fazia agir como um homem (numa clara referência às histórias de Pinóquio). Quando foi criado, havia vários protótipos semelhantes a ele, que deveriam ser usados pelo exército estadunidense. Porém, os temores do governo de que os andróides se descontrolassem, fizeram que com que a base fosse atacada por militares, e o Dr. Able morreu
para que o X-51 pudesse se salvar.

Quando fugiu do exército, X-51 adotou o nome e o rosto de seu criador para se misturar a Humanidade.Perseguido pelo governo por meses, ele só foi perdoado após enfrentar o Hulk e se juntar aos Vingadores, aonde assumiu o alter-ego de Aaron Stack (nome de batismo que seu pai o havia dado). Ele chegou a ser capturado pela Shield, que queria usar sua tecnologia para criar um novo DeathLok. Após meses ao lado dos Vingadores, o Homem Máquina se afastou, procurando uma vida mais tranquila.


Ele foi ajudado pelo psiquiatra Peter Spaulding e pelo mecânico Gears Garvin. Como Aaron Stack, ele se tornou um vendedor de seguros, continuando a agir secretamente como o super-herói Homem-Máquina. Ele acabou se interessando por Jocasta, numa aventura com o Coisa, mas a andróide foi destruída por seu criador Ultron. Com a ajuda dos X-Men e de Douglock ele enfrentou o Caveira Vermelha.O Homem-Máquina só reapareceu meses depois, quando Bastion foge da prisão em que estava sendo mantido após o fracasso da Operação: Tolerância Zero. Nessa aventura, o Homem Máquina é inadvertidamente capturado pelo Molde-Mestre que atuava conjuntamente com Bastion em segredo, que o transformou em um "Sentinela Supremo".


Somente com a interferência de Cable, o Homem Máquina retoma o controle do próprio corpo, atacando seus captores e, aparentemente, causando a destruição de Bastion e do Sentinela Molde-Mestre.
O Homem-Máquina usa a energia solar, embora seja capacitado para usar fontes alternativas. Seus braços e pernas podem se esticar e seus dedos contém diferentes armas, como raios de frio ou elétricos. Usa discos antigravitacionais para lutar
 Adaptações
O Homem-Máquina aparece no desenho animado do Homem-Aranha, Spider-Man Unlimited. Ali ele é um robô a serviço do Alto Evolucionário.




Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por duronaqueda às 09:55

MACHINE-MAN(Homem-Máquina,Marvel)

Segunda-feira, 15.07.13

 Homem-Máquina
O Homem-Máquina é um personagem ficcional das histórias em quadrinhos do Universo Marvel, publicadas pela Marvel Comics1 2 3 . Ele foi criado por Jack Kirby que o introduziu como o andróide X-51 na revista 2001: A Space Odyssey #8 (Julho de 1977).

Publicação
Em 1978 o X-51 apareceria em um título próprio, com Kirby produzindo as primeiras 9 (nove) edições. Nessa série o andróide fugia dos militares, escapando logo após a morte de seu criador. Depois de um intervalo de 9 meses, a revista foi relançada com o número 10 e ele recebeu o novo nome de Machine Man. Marv Wolfman (depois Tom DeFalco) e Steve Ditko foram os artistas encarregados, fazendo com que o andróide passasse a viver disfarçado entre os humanos. Desta vez o término ocorreu no número 19, de Fevereiro de 1980.

De outubro de 1984 a Janeiro de 1985, O Homem-Máquina foi o protagonista de uma mini-série de Tom DeFalco, desenhada por Herb Trimpe e Barry Windsor-Smith. A ação se passava num futuro cyberpunk datado de 2020, e tornou-se muito popular. Os personagens dessa época começaram a aparecer nas revistas Marvel, como Arno Stark, o mercenário Homem de Ferro de 2020. Homem Máquina e Homem de Ferro estiveram juntos na revista Iron Man Annual #11 (1990).

Origens (ficcional)

Criado pelo Dr. Able Stack, o Homem Máquina era um robô programado para pensar como um humano. Mesmo após a revelação pelo seu criador de que ele se tratava de uma máquina (então chamada de X-51), sua programação o fazia agir como um homem (numa clara referência às histórias de Pinóquio). Quando foi criado, havia vários protótipos semelhantes a ele, que deveriam ser usados pelo exército estadunidense. Porém, os temores do governo de que os andróides se descontrolassem, fizeram que com que a base fosse atacada por militares, e o Dr. Able morreu
para que o X-51 pudesse se salvar.

Quando fugiu do exército, X-51 adotou o nome e o rosto de seu criador para se misturar a Humanidade.Perseguido pelo governo por meses, ele só foi perdoado após enfrentar o Hulk e se juntar aos Vingadores, aonde assumiu o alter-ego de Aaron Stack (nome de batismo que seu pai o havia dado). Ele chegou a ser capturado pela Shield, que queria usar sua tecnologia para criar um novo DeathLok. Após meses ao lado dos Vingadores, o Homem Máquina se afastou, procurando uma vida mais tranquila.


Ele foi ajudado pelo psiquiatra Peter Spaulding e pelo mecânico Gears Garvin. Como Aaron Stack, ele se tornou um vendedor de seguros, continuando a agir secretamente como o super-herói Homem-Máquina. Ele acabou se interessando por Jocasta, numa aventura com o Coisa, mas a andróide foi destruída por seu criador Ultron. Com a ajuda dos X-Men e de Douglock ele enfrentou o Caveira Vermelha.O Homem-Máquina só reapareceu meses depois, quando Bastion foge da prisão em que estava sendo mantido após o fracasso da Operação: Tolerância Zero. Nessa aventura, o Homem Máquina é inadvertidamente capturado pelo Molde-Mestre que atuava conjuntamente com Bastion em segredo, que o transformou em um "Sentinela Supremo".


Somente com a interferência de Cable, o Homem Máquina retoma o controle do próprio corpo, atacando seus captores e, aparentemente, causando a destruição de Bastion e do Sentinela Molde-Mestre.
O Homem-Máquina usa a energia solar, embora seja capacitado para usar fontes alternativas. Seus braços e pernas podem se esticar e seus dedos contém diferentes armas, como raios de frio ou elétricos. Usa discos antigravitacionais para lutar
 Adaptações
O Homem-Máquina aparece no desenho animado do Homem-Aranha, Spider-Man Unlimited. Ali ele é um robô a serviço do Alto Evolucionário.




Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por duronaqueda às 09:55








comentários recentes

  • Anónimo

    Deculpe, não assinei o comentário acima (Muitas sa...

  • Anónimo

    Muitas saudades dessa época memorável (1948), quan...

  • Anónimo

    Tubemate

  • Anónimo

    Não acredito que Lamarca não tenha feito o juramen...

  • Anónimo

    Ass. Nuno m

  • Anónimo

    Meu, o Barnabé tem uma bela historia e UM ENORME T...

  • Anónimo

    Caros Senhores,Gostaria de entrar em contato com o...

  • Simone de oliveira costa

    Como faço pra conseguir as cartilhas caminho suave...

  • Adalberto

    Simplesmente LINDA!!

  • Gilmar

    Em relação as moedas, na verdade é que foram lança...




subscrever feeds