Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BRAVO REVISTA

Quinta-feira, 08.08.13

BRAVO REVISTA


Bravo é a maior revista adolescente dentro da ALEMANHA. A primeira edição foi publicada em 1956, com o subtítulo de "a revista para cinema e televisão" ("Die Zeitschrift für Film und Fernsehen"). O retrato de Marilyn Monroe apareceu na primeira edição publicada, ja uma materia sobre elvis presley que nunca foi publicada.


 História  

O fundador da revista era colunista Peter Boenisch. A primeira edição em 26 de agosto de 1956, com trinta mil exemplares impressos, custou 50 Pfennig. Edição número 13/57 foi lançado em 31 de março 1957, com o novo subtítulo "a revista com o jovem coração" ("Die Zeitschrift mit dem jungen Herzen"), bem como "cinema, televisão, música pop" ("Film, Fernsehen, Schlager "), que desapareceu logo depois.


(13 de agosto de 1957) a revista não tinha mais nenhuma legenda ressaltando sua recém-descoberta de foco.
Em 1968 começou a ser publicado semanalmente pelo Bauer Verlagsgruppe em Hamburgo, o escritório editorial, porém, permaneceu em Munique. Na década de 1970 a revista vendeu mais de um milhão de cópias. Em 1996, cada edição ainda vendeu cerca de 1,4 milhões de exemplares.   Mais tarde a circulação caiu acentuadamente. Hoje, a revista vende cerca de 460.379 cópias de cada ediçao (Q4 2006).














Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por duronaqueda às 00:03








comentários recentes

  • Anónimo

    Não acredito que Lamarca não tenha feito o juramen...

  • Anónimo

    Ass. Nuno m

  • Anónimo

    Meu, o Barnabé tem uma bela historia e UM ENORME T...

  • Anónimo

    Caros Senhores,Gostaria de entrar em contato com o...

  • Simone de oliveira costa

    Como faço pra conseguir as cartilhas caminho suave...

  • Adalberto

    Simplesmente LINDA!!

  • Gilmar

    Em relação as moedas, na verdade é que foram lança...

  • barnabé

    meu contato direto35 9.91962403 zap

  • Acacio Moreira Jr

    Graic Gannon não substituiu Andy Rourke,ele foi o ...

  • Jonas

    Que ignorância...