Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



DANIEL ROLLING(SERIAL KILLER)

Quinta-feira, 26.06.14
006
Daniel Rolling

Daniel Harold Rolling (26 de maio de 1954 - 25 de outubro de 2006), também conhecido como The Ripper Gainesville, foi um serial killer que matou cinco alunos, em Gainesville, no estado da Flórida. Mais tarde confessou ter estuprado várias de suas vítimas, confessou também ter cometido um homicídio triplo em 1989 em Shreveport, Louisiana, e tentar assassinar seu pai em maio de 1990. No total, Rolling confessou ter matado oito pessoas.
007
Rolling nasceu em Shreveport, Louisiana. Ele teve uma educação difícil. (Como grande parte dos seriais killer).  Seu pai, James Rolling, foi um oficial da Polícia de Shreveport que abusou dele, de sua mãe, Claudia, e, mais tarde, seu irmão, Kevin.
Em um incidente, a mãe de Danny foi para o hospital depois de alegar que seu marido, James, tentou fazer com que ela se cortasse com uma lâmina de barbear. Sua mãe fez repetidas tentativas de deixar o marido, mas sempre voltava.
002
Em outro exemplo cruel de disciplina, o pai derrotou Danny no chão e o algemou, então disse que a polícia chegaria para levá-lo para longe como um criminoso porque seu pai estava envergonhado por Danny. A idéia de que Danny foi um filho indesejado foi reforçada desde o seu nascimento por seu pai.Durante sua adolescência, foi preso várias vezes por assaltos na Geórgia. Como um adulto, Rolling teve problemas tentando adaptar-se a sociedade e manter um emprego estável. Na ocasião, ele trabalhava como garçom num restaurante em Shreveport, Louisiana, quando em maio de 1990,  tentou matar seu pai durante uma discussão familiar em que seu pai perdeu um olho e uma orelha.
ROLLING
Em agosto de 1990, Rolling assassinou cinco alunos (um era um estudante de Santa Fé College e quatro frequentavam a Universidade da Flórida), o que iniciava uma tentativa de assalto, logo terminaria em brutais assassinatos. Ele chegou a mutilar corpos de suas vítimas, decapitando uma. Após as mortes gostava de posioná-las de maneiras chocantes, às vezes até mesmo com o uso de espelhos, para intensificar a carnificina nos quartos.O primeiro ataque ocorreu no início 24 de agosto de 1990, quando Rolling invadiu o apartamento de Sonya Larson e Christina Powell. Encontrou Cristina004
 dormindo no sofá baixo, passou por ela brevemente, mas não a acordou, optando por explorar o quarto no andar de cima, onde Sonya estava dormindo. Decidiu que iria estuprar Sonya, voltou as escadas para assassinar Cristina, primeira manteve a boca fechada para abafar seus gritos enquanto a esfaqueava até a morte. Ela morreu tentando afastá-lo. Rolling então subiu, com fita adesiva fechou a boca de Larson e amarrou seus pulsos juntos atrás das costas, e ameaçou-a com uma faca enquanto cortava as roupas fora. Em seguida, ele a estuprou e a obrigou a permanecer com a face para baixo, onde ele esfaqueou cinco vezes nas costas. Rolling colocou os corpos de maneira dramática e saiu do apartamento.
016
Um dia depois, no sábado, 25 agosto de 1990,  Rolling invadiu o apartamento onde Christa Hoyt vivia arrombando uma porta de vidro com uma faca e uma chave de fenda, mas ela não estava em casa. Ele esperou na sala de estar até ela voltar. Às 23: 00, ela entrou no apartamento e Rolling surpreendeu por trás, dominando-a.
Depois que ela tinha sido subjugada, tapou-lhe a boca e amarrou os pulsos juntos e levou-a para o quarto, onde cortou as roupas do corpo dela e a estuprou. Como no assassinato Larson, ele a obrigou a face para baixo e esfaqueou-a nas costas, rompendo seu coração. Ele, então, decapitou o corpo e colocou a cabeça voltada para o corpo, aumentando o valor de choque de quem a descobriu.
Os assassinatos haviam atraído a atenção da mídia e muitos estudantes estavam tomando precauções extras, como alterar suas rotinas diárias e dormindo juntos em grupos. Como a matança estava acontecendo tão cedo no semestre de Outono, alguns alunos cancelaram sua inscrição ou transferiram-se para outras escolas.
005

Tracy Paules tinha convidado o namorado dela, Manny Taboada, para dormir em seu apartamento como uma forma de proteção contra o ataque. Em 27 de agosto, Rolling invadiu o apartamento arromabando a porta com as mesmas ferramentas que havia usado antes. Rolling encontrado Manny dormindo em um dos quartos e, depois de uma luta com o jovem, finalmente o matou.
Ouvindo a agitação, Trace desceu o corredor até o quarto do namorado e viu Rolling. Ela tentou esconder-se em seu quarto mas o assassino arrombou a porta. Rolling amarrou sua boca e pulsos da mesma forma que as vitimas anteriotes, cortou-lhe a roupa e a estuprou, apunhalando-a três vezes nas costas. Posicionou o corpo de Tracy, mas deixou o namorado na mesma posição em que tinha morrido.
victims

Com a exceção de Manny Taboada, todas as vítimas eram caucasianas, cabelos e olhos castanhos.Embora as autoridades policiais inicialmente tinha poucos suspeitos, a polícia conseguiu identificar dois suspeitos, um estudante da Universidade da Flórida (Edward Humphrey), que tinha um histórico de doença mental e numerosas cicatrizes no rosto de um acidente de carro,  que na época costumava cortar e discutir notícias sobre a investigação. Sua imagem foi exposta várias vezes pelos meios de comunicação.Roling foi preso em Ocala com uma carga de roubo e, no âmbito dessa investigação, suas ferramentas foram comparadas com marcas deixadas nas cenas de assassinato Gainesville. Ele estava vivendo estava em uma área arborizada perto dos complexos de apartamentos frequentados pelos alunos, incluindo os das vítimas. Lá, os investigadores descobriram gravações de Rolling cantando músicas folclóricas que ele havia composto e diários de áudio alusivas aos crimes. Ele foi acusado de várias008
 acusações de assassinato em novembro de 1991.
Os dois homens que a polícia identificou como suspeitos foram liberados.Depois que foi preso, a polícia de Louisiana alertou as autoridades na Flórida para um triplo assassinato não solucionado em Shreveport, Louisiana em 4 de novembro de 1989. Detetives observaram que havia semelhanças entre os assassinatos de Gainesville e os de William Grissom (55),  sua filha Julie (24) e seu neto Sean (8). A família tinha sido atacado em sua casa enquanto se preparava para o jantar. Depois o corpo Julie Grissom tinha sido mutilado, e posicionado de maneira chocante, assim como as estudantes. Mas Rolling não chegou a ser condenado por essas mortes.
018
Rolando foi executado por injeção letal na Prisão Estadual da Flórida em 25 de outubro de 2006, após os EUA Supremo Tribunal rejeitou um apelo de última hora.Ele foi declarado morto às 18:13 . Não mostrou nenhum remorso e se recusou a fazer quaisquer declarações verbais ou oferecer qualquer pedido de desculpas aos familiares das suas vítimas, muitas das quais estavam presentes na sua execução como testemunhas. Em uma declaração escrita feita pouco antes de sua execução, Rolling confessou os assassinatos da família Grissom em Shreveport.013
Rolling foi finalmente levado a julgamento quase quatro anos após os assassinatos. Sua intenção, seria tornar-se um "superstar" da mesma maneira como Ted Bundy (sobre o qual ainda escreverei). Rolling confessou culpado de todas as acusações, foi condenado à pena de morte por cada morte. Durante o julgamento, o Tribunal de televisão realizou uma entrevista com a mãe de sua casa. Durante a gravação, seu pai podia ser ouvido gritando fora da câmera.Três psiquiatras concordaram que Rolilng tinha um transtorno de personalidade e funcionava no nível de maturidade de um 15 anos de idade.

019220px-DannyRolling

Depois que foi preso, a polícia de Louisiana alertou as autoridades na Flórida para um triplo assassinato não solucionado em Shreveport, Louisiana em 4 de novembro de 1989. Detetives observaram que havia semelhanças entre os assassinatos de Gainesville e os de William Grissom (55),  sua filha Julie (24) e seu neto Sean (8). A família tinha sido atacado em sua casa enquanto se preparava para o jantar. Depois o corpo Julie Grissom tinha sido mutilado, e posicionado de maneira chocante, assim como as estudantes. Mas Rolling não chegou a ser condenado por essas mortes.Rolando foi executado por injeção letal na Prisão Estadual da Flórida em 25 de outubro de 2006, após os EUA Supremo Tribunal rejeitou um apelo de última hora.Ele foi declarado morto às 18:13 . Não mostrou nenhum remorso e se recusou a fazer quaisquer declarações verbais ou oferecer qualquer pedido de desculpas aos familiares das suas vítimas, muitas das quais estavam presentes na sua execução como testemunhas. Em uma declaração escrita feita pouco antes de sua execução, Rolling confessou os assassinatos da família Grissom em Shreveport.

017015

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por duronaqueda às 07:51